Portal Terceira Idade - home Prefeitura da Cidade de São Paulo Telecentros - Prefeitura de São Paulo
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Notícias do Cidadão
Notícias

Anteriores

10/08/2013: Saúde - Hepatite B
Especialistas alertam: idosos sexualmente ativos estão no grupo de maior risco para hepatite B
Segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), boa parte dos idosos é sexualmente ativa e resistente ao uso de preservativo, o que amplia o risco de contrair a infecção
Por: Jo Tozzatti
Coordenadora de redação e interatividade do Portal
Fale com o colunistaFale com o colunista
Fale com o colunista
foto notíciass hepatites são doenças graves. Estimativas apontam que 2,3 milhões de brasileiros são portadores de algum tipo de hepatite – pelo menos 1,5 milhão são portadores do tipo C, o mais grave. Bastante comum entre os brasileiros, a hepatite B acomete cerca de 800 mil pessoas no país.

“Estamos falando de uma doença sexualmente transmissível com poder de infecção maior do que o do vírus do HIV. A vacina já está disponível nos postos de saúde para pessoas de até 49 anos, o que é um grande avanço. Mas temos que ter atenção também com os idosos. Boa parte é sexualmente ativa e resistente ao uso de preservativo, o que amplia o risco de contrair a infecção”, alerta Isabella Ballalai, diretora da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações) Nacional e presidente da Regional Rio de Janeiro.

As principais vias de transmissão do vírus são o sangue, secreções e os objetos cortantes contaminados (alicate de unha comum em salões de beleza, por exemplo). A doença atinge o fígado, um dos órgãos mais importantes do corpo humano.

Vacinação

O Ministério da Saúde ampliou a faixa etária de imunização gratuita, que antes abrangia somente pessoas até 29 anos, e passou a beneficiar também gestantes de todas as idades, para evitar a transmissão para o feto. Quando isso ocorre e o bebê nasce infectado o risco de desenvolvimento de hepatite crônica é superior a 90%.

Segundo o Ministério, a medida beneficia 150 milhões de pessoas (75,6% da população total do Brasil). O governo acredita que ao longo dos anos, com o envelhecimento da população e o aumento da cobertura vacinal, será possível obter a erradicação dessa doença. Existem mais de cinco tipos da doença. Os principais são as hepatites A, B, C e Delta. Para os dois primeiros existe vacina, mas apenas a da hepatite B está disponível na rede pública.

Para o presidente da SBIm Nacional, o médico Renato Kfouri, “é importante que todos tenham acesso à informação e que cada um faça a sua parte, o que inclui o médico, na hora da consulta, avaliar o estado vacinal de seus pacientes e prescrever as vacinas necessárias. E a população, cuidando para que sua vacinação esteja em dia”, orienta.

Sintomas

A hepatite B é uma doença silenciosa. Os sintomas, quando existem, podem provocar cansaço, tontura ou ânsia de vômito. Nem sempre a pessoa percebe que está doente. “A vacinação como forma de prevenção é o modo mais seguro para evitar a doença”, orienta Isabella. “O diagnóstico e o tratamento precoce podem evitar a evolução do quadro para cirrose ou câncer de fígado, por exemplo. O teste, o tratamento e o acompanhamento das hepatites virais estão disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS)”, acrescenta Renato.

Cuidados

Além do uso da camisinha em todas as relações sexuais, não se deve compartilhar escova de dente, alicates de unha, lâminas de barbear ou depilar. É importante, também, sempre usar materiais esterilizados ou descartáveis em estúdios de tatuagem e piercing, serviços de saúde, acupuntura, procedimentos médicos, odontológicos e hemodiálise.

Fonte: Sociedade Brasileira de Imunizações
Fotos/ilustrações: divulgação
Mais sobre o assunto, na internet
Sociedade Brasileira de Imunizações > Vacinação
Calendários de vacinação

Um conjunto de orientações específicas para cada faixa etária e também visando à saúde do trabalhador exposto a riscos
http://www.sbim.org.br/vacinacao/
Portal da Saúde SUS - Ministério da Saúde > Notícias (29/07/2013)
Ministério realiza mobilização para testagem de hepatites

No dia mundial de combate à doença, celebrado neste domingo, o Ministério da Saúde lança campanha de alerta à população para as medidas de prevenção
http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/noticia/12302/162/ministerio...
Minha Vida - Saúde, alimentação e bem-estar > Artigos (vídeo disponível)
Tudo sobre Hepatite B

O que é, causas, exames, sintomas, buscando ajuda médica, tratamento, expectativas, complicações, prevenção
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/hepatite-b
Mais sobre o assunto, no Portal Terceira Idade
Sexualidade na Terceira Idade
Leia mais na seção sobre o assunto no Portal
 

Outras Notícias

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
em parceria com os Telecentros e a Prefeitura do Município de São Paulo
©Todos os direitos reservados - 2005/2006
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Kuantika Multimídia